Jamilcredi10Anos no Empréstimo Consignado

PORTABILIDADE , REFIN , CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO

FECHAR [X]

PMSP-GOVSP-SPPREV-Siape-INSS

"PORTABILIDADE,REFIN,CARTÃO CONSIGNADO" . Facebook/jamilcredi Curta,simule,contrate!
Grato!

terça-feira, 16 de julho de 2013

INSS - Crédito Consignado - Informativo

           O INSS -Instituto Nacional do Seguro Social  publicou no Diário Oficial (DOU, sexta 12/07/2013) resolução que prevê o bloqueio do desconto de parcelas do empréstimo consignado em caso de reclamação do beneficiário ou suspeita de fraude.
     Antes, o aposentado ou pensionista que fazia uma denúncia de fraude tinha a margem de empréstimo - estipulada pelo INSS como o máximo de 30% da renda - devolvida logo após a reclamação, sem que a situação fosse apurada, explica Benedito Adalberto Brunca, diretor de benefícios do Instituto.
     Pela nova regra, a margem não será liberada e o desconto não poderá ser feito enquanto a denúncia estiver sendo investigada, o que pode levar até 60 dias. O objetivo, segundo a resolução, é evitar o endividamento do beneficiário por fraudes envolvendo a contratação do consignado por terceiros.
     O beneficiário que suspeitar de fraude pode ligar para a ouvidoria, no 135, ou comparecer a uma agência da Previdência Social. "Após a investigação, se ficar comprovado que não houve fraude, e sim má fé, o beneficiário terá que acertar o período em que os descontos deixaram de ser feitos diretamente com a instituição financeira".
     Antes da nova resolução, houve casos de beneficiários que faziam denúncia de fraude, tinham a margem de crédito liberada e faziam outro empréstimo consignado. Com isso, depois de comprovada a irregularidade, o primeiro banco ou financeira precisava recorrer à justiça para não ficar no prejuízo, porque o INSS só pode liberar o pagamento de, no máximo, 30% da renda do beneficiário, e essa liberação era feita em prol da última instituição financeira com quem o aposentado ou pensionista contratou o crédito.
     O endividamento de idosos tem se mantido em uma média de 25% desde o início do ano. Levantamento realizado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) mostrou que um em cada quatro inadimplentes tinha 65 anos ou mais. 
     Dicas :
     1- Mantenha seu controle com uma planilha de gastos, tente poupar;
     2- Não tomar crédito sobretudo no cheque especial ou cartão de crédito, que têm os juros mais altos;
     3- Não 'emprestar o nome' para outrem;
     4- Constituir uma reserva de 10% a 30% da renda para emergências futuras;
     5- Se tomar crédito preste atenção ao Custo Efetivo Total e à parcela:
     6- Se está negativado procure antes o credor e tente negociar.


#empréstimo #emprestimoconsignado #inss
A Jamilcredi atua nesse convênio para contratos novos, refinanciamento e compra de dívida com vários bancos.

Fontes: Folha online/blog da Previdência Social/ Associação Nacional dos Servidores/ DOU/
Imagens : Google ( mantidas as propriedades )

0 comentários:

Postar um comentário

..........:compartilhar:..........

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More